PESQUISA DURANTE A PANDEMIA: A ALTERNATIVA DOS PAINEIS DE PESQUISA


Em decorrência das medidas de restrição de circulação, para evitar o contágio do Coronavírus, a realização de coletas de pesquisa a ficaram mais restritas durante o ano de 2020 e início de 2021. Para se ter uma ideia, diversos órgãos reguladores da atividade de pesquisa exigiram que para a realização de campos de coleta fossem disponibilizados para os pesquisadores: álcool em gel, máscaras de proteção e luvas, distanciamento de 2 metros do entrevistado, entre outras orientações. Lembrando que em cada Estado do Brasil essas orientações poderiam ser mais rígidas ou brandas. Além disso, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo Censo brasileiro, adotou a coleta por telefone para a aplicação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD – Contínua) – estudo atualizado trimestralmente, com o intuito de acompanhar as variações da força de trabalho – sendo esse um instrumento essencial para a implantação de Políticas Públicas Nacionais.


Assim como o que foi decidido pelo IBGE, algumas empresas de pesquisa optaram pela substituição de coletas de rua pela de telefone. Contudo, os call-centers (ou qualquer tipo de estrutura para a coleta por telefone), também precisam operar dentro das regras de distanciamento, bem como oferecer todos os EPI’s necessários para a segurança de seus funcionários, o que acaba resultando em um processo de coleta mais caro e lento. Dessa forma, as coletas por home office (sendo as ligações realizadas da casa do entrevistador, com software de CRM para o controle de amostra e qualidade da pesquisa) acabam sendo a melhor opção. Todavia, essa alternativa necessita de investimento em software adequado para essas chamadas, bem como treinamento específico para o entrevistador.

Com todas essas restrições para realizar uma coleta durante esse período, a Bureau de Projetos e Pesquisa optou por utilizar uma solução que já estava emergindo com muita força, mesmo antes da Pandemia, e que, para nossa empresa, se mostrou como melhor alternativa para a continuidade da obtenção de informações por meio de pesquisa de mercado durante esse período: a coleta on-line por painel de pesquisa.


A utilização dos painéis de pesquisa de mercado está cada vez mais frequente, consistindo em um grupo de pessoas que aceitam (de forma voluntária) fazer parte de um campo de coleta, respondendo questionários estruturados, normalmente enviados por E-mail, sendo acessados por link, que podem ser abertos e respondidos em smartphones, tablets ou computadores.


Essa solução nos permitiu manter nossa qualidade nas coletas em um momento de Pandemia, já que com um painel de entrevistados numeroso garantimos uma amostra diversificada, com diferentes faixas etárias e classes sociais.


Nos deparamos com muitas vantagens em realizar/contratar um campo por painel de entrevistados, entre elas está a rapidez de coleta e o custo (podendo chegar a 50% mais barato do que uma pesquisa tradicional), o que nos permitiu expandir nossa área de atuação, já que não existem barreiras geográficas nesse tipo de coleta. Além disso, adotamos todos os procedimentos de forma On-line, desde o briefing com cliente, a coleta e entrega de resultados.


Com essa experiência, incluímos a pesquisa painel como mais um produto no nosso portfólio, surgindo como alternativa às já consagradas coletas face to face e por telefone, expertises que a Bureau de Projetos e Pesquisa sempre trabalhou.


E você, ficou interessado em saber melhor como funciona um painel de pesquisa on-line? Agende uma reunião on-line conosco pelo E-mail: bureau@bureaudeprojetos.com.br, teremos imenso prazer em compartilhar nossa experiência com você.



#pesquisademercado #paineldepesquisa #pesquisaonline #inteligenciademercado #campo #coleta

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo